MAIS FELIZ QUANDO ESTOU SENTINDO

sou agora um homem mais feliz.
mais repleto
talvez até com mais amor
pois agora eu me amo mais.
Eu sou assim vivo, morro, mato, dou luz, nasço, confronto minhas próprias
veracidades que não me ocultam mais os olhos e vista
dessa imensidão de montanhas que sou eu escondido e escondendo e mostrando.
Por exemplo, hoje escolho sorver e sobreviver com pouco.
Amanhã quero a beleza do ato impuro e da noite insone.
Depois quero a consequência tardia dos meus feitos e defeitos.
Esse sim sou eu, esse que amanhã se transforma em passarinho
porque é mais fácil
Sim esse sou eu depois que se reduz a poesia porque tem em si o peso de todas as palavras em seu corpo de papel que some e se desmancha na água.

ESSES SÃO OS EUS E EU E OS ECOS QUE FORNECEM A MATÉRIA PRIMORDIAL DO MEU SER QUE é amar.

Tiago Carneiro 26/10/2011

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.