nada pode ser marcado mesmo tudo tendo a sua hora não posso elencar a quantidade díspare de sentimentos antagônicos que refluem e me fazem regogitar agora tenho sim um ódio imenso contra o que eu poderia acreditar que é o meu fracasso sem falar nos moldes e condicionamentos que adentram e pertubam a minha mente que eu considerava tão sã. Sabe, essa porra não me leva a lugar nenhum nem me faz nem me tira dessa história de ter tantos sentimentos que o álcool deixa mais insano. Então revendo o passado encontro o que não quero então vivendo o presenre vejo o que não quero e não tenho agora. Bem pensante não vejo nada, alias nem via nada numca enxergo apenas vejo e ver apenas não é elevar o simples dragão na vida. e quero latir, ladrar e me inconformar com o mundo. Bem pensante isso não é nada. Pensar ter raiva e não agir. Bem delirante quero devanear o que há de bom e discutir a parábola da Vida Perdida. Quero ganhar tempo não perdendo o tempo com as ninharias que a vida me oferece. Ela me oferece mas não entrega o que eu espero Ela me enriquece mas não escuta meus desejos é lá que me entristece mas não tece a realização dos meus desejos. É o que espero e não destrata o pacto antigo que tenho de me realzar por mais bêbadas que seja as minhas expectativas. Eu falo com vocÊ e parece que brigo comigo Eu aprumo meu ouvido mesmo não tendo vivo esse sentido.Só meu ouço porque escuto você me reclamando me vejo e perco o sentido dada a razão de estar lúcido. Estou embriagado de um sentido nefasto de mim mesmo que não quer se olhar num mundo a que não pertenço. Não sou assim, não sou desse mundo, escuto teu choro e não sou eu que choro, mas choro te compreendendo mesmo sendo as lágrimas algo extenso ao meu sentido porco tenho uma grande malvadeza em mim a de não me compreender em todos os momentos sãos. Tenho a grande sutileza de ser você o cachorro sempre culpado, que liberdade é essa de sentimento que confusão é essa de dor que não aguento que dono de razão sou eu, que dono de sentimento sou eu que se mostra tão bom que não se atende ? Sabe eu tenho em mim um amor que supera a era que range em sonos a espera de acordar ess sou eu esse sou morte e vida esse sou esperança e alegria de que posso mudar e nada muda mas ainda tenho esperança e alegria. esse sou eu com força e não tenho sei lá nem meio segndo de vontade. não tenho nada me apoiando sou só achando que alguém vem vir me resgatar sou a princesa deitada sou o rombo imenso do orçamento sou nada apenas sou fera com feridas abertas por garras que me ferem nos sonhos de dentro pra fora. me rasga e ainda me firo desde ontem desde agora desde o mundo sempre que me escuto e abro a ferida que esnpotâneamente se reflete e grita no corpo nú da carne queimada. Isso preciso assar um perú tenro no forno e na hora mais grata queimar a mão para chamar a atenção não só pelo sabor delicioso da carne a ser devorada como se fosse a minha mas ter o momento único de mostrar que ainda apesar de tudo sou exberante pois sinto a dor imensa da queimadura e do ralar a pele na aspesa da vida. Então tenho isso na minha cabeça e no coração Como dizem e eu sem ser irônico simples assim. Me dói.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s