Você desagua em mim e eu oceano

Um mar de magoas não me encontra.
Encontra um outro eu que não sou eu agora

Poderia encontrar um eu do passado
pois cada passo dado me levou a outra consciência
desse nosso e transverso amor.

Um mar em Alagoas é bem mais a nossa cara
é caro para nós atravessar essa água gelada
de desaforos e mentiras

Mas creio que me desafoguei das amalgamas de magoa.
pois não quero isso apegado a mim.
Te extendo o braço amado

Quero o cheiro novo que o amor me dá todo dia.

E ele te dá flores.
Que você nade, abra a janela e veja.

Tiago Felipe Viegas Carneiro 13/06/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.