Vejo velho o cachorro no sofá
seu olhar me diz:
Depois disso tudo temos a mesma idade, e agora?

E agora o quê ? – respondo como que indignado

Como um cachorro me derruba assim?!

Então não me faço mais questionamentos, seriam prejudiciais assim como me foi toda a intelectualização de sentimentos que me manteve vivo durante tanto tempo.

Ah a bebida que trago essa magia que embaralhifica a vida!
Ah a mente que trago em forma de argila molha que se deforma e fica e não fica.

Ah o sentimento que trago essa coisa complexa que me sucita a coisas não divisíveis…

há a dor essa coisa que me mumifica
há ardor essa coisa que com amor, ainda me eleva até mim.

Tiago Felipe Viegas Carneiro 13/06/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s