Condolente

Eu que nasci assim sem muita dor
apesar de ter menos asas que outros

Então não fui Condor apesar de ser da minha serralheria da asa.

Eu sou um com dor, um mero erro do acaso agora,
Era pra estar feliz e exultante pelos “acertos” meus

Mas nasci assim sem asas exuberantes

e tenho o intento puro de forjá-las na vida.

Que a vida me dê asas que com elas eu alcance um tempo
melhor de ser eu.

E que esse eu ame e saiba muito mais sobre o amor do que sei agora.

Tiago Felipe Viegas Carneiro 21/07/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s