Eu não acordo todo dia com uma poesia pra você.
Isso é o que eu faço.
Eu. Eu não acordo todo dia com o seu bom humor.
Não.
Isso quem faz sou eu. Acordar de bom humor.
Sim eu preciso dos saber o que se passar mas não os seus pensamentos.
Eles nunca serão meus.
Nossos planos e panos tem o nosso cheiro.

Recordo o dia do primeiro beijo.
Recordo o dia do primeiro desleixo.

Num tempo eu queria viver contigo só passando por debaixo da catraca.
Era desafiar o mundo. Era viver fora.

Isso quem fez fui eu. Trocar a grana do ônibus pelo vício do cigrarro.
Nosso cigarro. Nosso vício que a gente divide.

Então teve um dia em que eu não acreditei você me fez o favor de me levar pra casa.
Isso foi você quem fez.

Tiago Felipe Viegas Carneiro

Anúncios

Uma resposta para “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.