ABRACADABRA DO ERRO

abra aquela carta pra quando estiver preparada
abra aquele vinho quando tivermos que bebê-lo
assuma o zelo pois o erro já foi
arruina o erro não o acerto

o erro é algo que não é assíduo
foi optado por falta de clareza

é fruto do engano da fantasia compartilhada com outro

Tiago Felipe Viegas Carneiro 02/10/2013

“merecia a visita não de militares
mas de bailarinos
e de você e eu”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s