acidentado


Tenho que por um sorriso nessa face
Preciso aprender a ser
E saber a vez de me lançar
A dor e o risco são parte do precipício
O deleite e o deletério são pulsões
os amores não.
Mas todo caminho que te leva até lá acidentado.
por qual razão ser também não seria?
Tiago Felipe Viegas Carneiro 09/12/13 – 10-12-2013
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s