Impratriz e Imperador

O Natimorto, Lourenço Mutarelli

O Natimorto, Lourenço Mutarelli

 

 

As cartas estavam na mesa

os olhos juntos se reconhecendo com profundidade

uma para dentro dos outros dois olhos

 

a conversa livre e ansiosa

o desejo enorme de não sair dali

de se consumar sem se consumir

 

Amanhecer então seria assim

calmo sedento saciando um carinho no outro

Era entendido que assim seria mais leve

Seria assim estendido dessa maneira

para outras coisas pois as cartas

não eram o peso de seus passados

mas o livre desejar de um futuro.

 

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro  01/02/2014

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.