ESTUFA

jasmim

 

 

São grandes estufas

e ali dentro um cheiro forte de jasmim

Não se respira outro ar.

 

São grandes e verdes azulejos circundando a casa

que desemboca num rio de piche seco

de onde brotam pedras.

 

São pequenos pontos vermelhos

que ainda restam e transitam nesse rio

as vezes tem marcas deles no chão

foram arrastados pela brutalidade

da correnteza que os leva para um

lugar inóspito

 

É grande a massa de pontos azuis e frios

que tentam em vão por falta de consciência

se desarmar.

 

Enquanto o cheiro dos jasmineiros

continuar preso em estufas

enquanto o rio continuar sedimentado

somente alguns pontos vermelhos restarão.

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 25/03/2014

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s