família

 

 

a figura era tão forte

tão generosa

que precisava de um pai, uma mãe e quatro irmãos

 

a figura era tão doce

tão certa

que precisava de um pai, uma mãe, dois filhos e um igual

 

a figura era tão convicta

que precisava de um pai, uma mãe, dois filhos e um igual

 

a figura era tão ele

que precisava ser pai, ser marido, cinco filhos e um igual

 

a figura era tão ela

que precisava ser uma mulher, uma mãe, um pai, um esposo, quatro filhos, uns queridos e algo mais

 

a figura era tão se criando no mundo

que teve como alternativas, quatro irmãos, uma mãe, um pai e um caminho inteiro pela frente

 

a figura era tão ele

que precisava ver o mundo com os olhos que nenhuma das criaturas pudesse enxergar por seus olhos

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 30/04/2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s