o que será? o que será.

 

milton e chico

mãe o que será que me dá

quando milton se põe a cantar

 

o que resvala o sonho e me faz

crer que de lá do fundo é capaz de voar

 

que voz entranha é essa

que em qualquer momento me faz acalmar

 

o que é isso que não calo

e que se faz clamar?

o que deslumbra o peito

e me faz delirirar

 

que as terras antigas e novas

dos terrenos sóbrios e ébrios

me faz crer que é possível a gente se consertar?

 

que terra é essa amada mãe que me desconexa

e me faz gente a procurar alternativa de algo novo

e nunca vai parar?

 

é de mim muito

dói para outros cata mortos que nunca existiram

é de mim pouco um gosto pelo outro menos

é de mim muito pelo outro tanto

é que o meu descanso mãe é ter a revelação que a ideia

de nossa estética é contemporânea de nossa escrotidão

 

é dói muito muito em mim o que tem que mudar.

 

essa tua terra mãe

dá dentro da gente desejos que não saciam.

 

essa terra mãe pode dar dentro da gente igualdades

oportunidades que muitos mereciam

me dá dentes de morder e amaciar

o que tecido nenhum pode alcançar

a carne pura que o dente vai achar.

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 10/06/2014

 

 

Anúncios

Uma resposta para “o que será? o que será.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s