pathos

caos emocional

caos emocional

 

 

 

vou te dar meu bom motivo

vou te dar meu pára-quedas

vou te calar a dor

 

vou te colocar a mão no peito

vou te lembrar o que é amor

sem toc de vaidade

 

caiu seguro

segura o pé na terra no teu chão

 

vou te dar um só movimento

eu vou te dar amor

que ele é patientia

apesar do ardor

 

caiu seguro

segura o pé na onda e no chão

quando a onda bate e não tem corrimão

 

eu já dei caminho novo

ele caminha com cor
vou te falar de ócio

vou te falar de amor

vou te dar meu ama-quedas que vai te dar calor

 

segura o solo saindo do leito do rio

que secou e te deixou na mão

 

escrever o meu nome na parede

deixar o leito da vida escorrer doce e aparente

 

vou te falar de guerra

vou te falar de amor

o que falta é água mansa da conformidade do rio que se avoluma

e deságua

naquilo que nem o nilo Amazonas.

 

enterrou a sete palmos

liso astuto

sem desculpas

 

sem penas nascido do chão

e criado na imensidão do que se pode ser.

 

doce mistério luz muito mais além

cada palavra me tem mais aberto em mim.

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 28/08/2014

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s