tem tanto

 

eu me preparei pra elas 

então ali impera a delicadeza
que eu descobri num tempo d(o)urad/ouro

 

vínculo

veias
pelo corpo branco
crescendo e multiplicando

vida

e seu saco em um vídeo
por todos os poros e cheiros

em uma mão no ventre
novos sentidos em sons ainda desconhecidos aos nosso ouvidos

rebenta a noção pro pai

rebenta a noção pra mãe

rebento a noção de ser só, si

tento não esquecer que já fui

rebentando de vez

tanto que ao perceber recebo que o que arrebenta

arrebenta conceitos de novas vidas

 

outra vez

sento, penso, centos vãos

centos me depreciarão
muitas revoltas, voltas conformes em formas possíveis

irão
confusos conflitos aflitos

ser, comida, ar, puto, pluto, plural a vida

outros personagens hilários virão
e não nos farão sentido

Sinto você em cada manhã desse nosso, em três conhecimento.

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 20/03/2015

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s