o corpo cansa

 

índice

 

 

 

 

O corpo cansa mas você está lá

o colo cansa e você ainda está lá

lisongeira

força feitio de teus músculos

me inspira o jeito leve

os pés descontraídos

e a fala dura-mansa

me acalma me balança.

 

O corpo pende mas você ainda está lá

apoiada a parede

e fica segura

pois sabe por instintos transcendentais que passa.

O corpo perde a batalha aceita a derrota e como bom derrotado

se alia a quem lhe vence finca posição

e com tua cabeça decidida

toda a carne sabe qual o cerne da tua questão

ossos, pelos, peles, tendões, todos continuam

sabem que é só o início da obra

sabem que abnegação é o que sobra.

 

Tua lindeza está aí na entrega e  saber-se mais que a carne.

 

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 07/12/2015

 

 

Para uma mãe dedicada

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s