penugem grossa

 

 

encosta-se a penugem grossa da  folha porosa no botão

pressentir o cheiro da flor

repousar os carregados galhos e troncos de flores e sementes

em serena terra

cobri-la de carregada seiva e vinho

servi-la de enfeitados ventos que a desalinham de tantos encantos

o tronco se entorpece para se contorcer

enquanto o ramo ralha em outra rama a dar respiros ao alvorecer

 

copa inteira se abre

 

feito o sentido do exercício de se recriar

as árvores coladas então se adormecem.

 

 

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 03/02/2016

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s