ARSECO 2

 

teu sorriso então umidifica a minha relação com o mundo

faz irmão o que eu deveria considerar terreno improdutivo, latifúndio

 

teu sorriso estremece as minhas certezas meu gerúndio

pois todo dia é coisa coisa nova bem distribuída floresce tudo

 

não que um dia eu vá te dizer que o que eu digo é a coisa certa

o mundo está nas descobertas cotidianas e sem hora certa

 

como fizeram anteriormente e nisto é lista a ligação do jovem com o velho

é o estar e repensar o mundo

teu sorriso, isto me aflora

 

caminhar bem pra caminhar em conjunto e perseverantes

sentar, conversar, alinhar, discordar, amanhecer e reconversar

pra levantar, falar, falhar, desalinhar, concordar e se abraçar

 

caminhar bem entre pedregulhos pra um caminhar conjunto

caminhar sem, caminhar conforme, caminhar disforme, caminhar até para o inseguro

mesmo que entre drywall, gessos, concretos, pedras, pedregulhos enfileirados

enfurnem as nossas vozes

portadas batidas, copos quebrados, corações arrebentados

nos olharmos e ter o porto seguro intacto.

O ar seco não desanima

dá anima te ver florar.

 

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 07/05/2016

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.