POESIA DA DESESPERANÇA

 

 

 

13310613_1057576550958063_3419887448432178344_n

 

 

 

Era tudo então pra nada

Arado sombrio do modus operandi do tempo de outrora

Raspando o solo até que não se gera mais nada, de novo,

Somente o dolo

 

Era tudo então

trator tempo

pra imobilizar a mulher em máquina subjugada

 

eras e eras pra todos então

não se tornarem verdadeiramente livres ?

se tornarem apenas a areia pisada do dia a dia

formando pesada amálgama sobre o sangue do rastro de cada uma que era uma por todas?

 

Veste por veste é desnudada

Ao mostrar que o corpo não é mais conforme

É denso e deformado

Não se pensa um minuto se quer que o que te comporta

É susceptível às suas escolhas e aos seus bem prazeres

 

Viste por vista ressurgida

Que nessa altura do páreo a dor

A dó, a compaixão, o outro não faz parte

 

Vixi, viste por dentro da veste, por dentro do olho hemorrágico

Que ali também há a cegueira

Vixi, por dentro da bochecha que é rasgada pela faca do viver

Teu desejo era só o movimento oculto da opressão.

Você que ao defender todo o seu gênero dominante foi lutar

Mas aos do resto não restou ouvidos

Dentro de cada um gritava abafado o grito dos excluídos

Dentro de cada amálgama salgada de suor

por favores espúrios foram desperdiçadas

 

Dói cada lágrima de consciência ignorada

Ocultada,

Dói cada palavra inocente incapaz, de no fim, amar.

 

Ao menos há as doces palavras dos insurgentes

Suas sílabas prestativas ao amor.

 

Aos menos há dores que nos mostram o quanto estamos doentes

E nos fazem lutar.

E a esperança é minha homeopatia

Embora muitos dos que caminham comigo nela não acreditem.

 

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 02/06/2016

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s