Romper

Romper
Romper sem rompante

Calmo como um passeio na esteira rolante num caminho suave e reto com olhos num horizonte lento
Romper pois laços também podem se desfazer sem a necessidade de cerimônias e pompas ou estardalhaço apenas num aceno suave do corte da tesoura do tempo que se desencontra em não saber como e porque duas partes se uniram e se separaram.
Romper pois se precisa de espço pro novo pois o que estava atrás era notório dos vícios, vicissitudes e erros históricos.
Romper sem a acachapante sensação de perda e sim de uma necessidade de limpeza de si mesmo. Romper é faxinar as poeiras debaixo do capacho dos anos.
Romper é reconhecer o que não está sendo e buscar olhar pra si e pra frente.
Tiago Felipe Viegas Carneiro 26/08/2016

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s