SINESTESIA

SINESTESIA

 

 

I

Por onde você anda no meu coração

meus sentimentos recebem flores

que crescem sem necessidade de sombras.

 

 

II

 

Caminhe com teus dedos sobre minha pele

os dias florescerão

nestes poros que um dia formariam um coração aflito

 

 

III

 

Quando tudo me despedaça e me quebra

você não me cola nem joga fora

põe pétalas em meus olhos e me espera recompor

 

IV

 

Quando meu hálito exala raiva você me cala com majericão

e mostra uma maneira de entender o que não compreendo

Você me faz descobrir a carga de sentimentos que carrego.

 

 

V

 

Nos dias de sol intenso

algo muda

o nosso girassol manda buscar tua voz e tudo se conforma

 

 

Tiago Felipe Viegas Carneiro 21/03/2019

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.